Primeiro explorador de Marte da China recebe nome de Zhurong

(Alpha Xinhuanet)

1 MIN LEITURA

(Alpha Xinhuante) – O primeiro explorador de Marte da China foi batizado de Zhurong, anunciou a Administração Espacial Nacional da China (CNSA, em inglês) neste sábado, Dia do Espaço da China.

Zhurong é o deus do fogo na antiga mitologia chinesa, o que corresponde ao nome chinês do planeta vermelho, Huoxing (que significa o planeta do fogo em chinês).

O fogo trouxe calor e brilho aos antepassados da humanidade, e o fogo iluminou a civilização humana. Nomear o primeiro veículo explorador de Marte da China em honra ao deus do fogo significa acender a chama da exploração planetária da China, segundo o vice-diretor da CNSA, Wu Yanhua.

Literalmente, Zhu (que significa desejo em chinês) expressa os bons desejos para a exploração do universo por parte da humanidade. Rong (que significa integração e cooperação em chinês) reflete a visão da China do uso pacífico do espaço e a construção de uma comunidade com um futuro compartilhado para a humanidade, explicou Wu.

O nome é outro exemplo do romantismo científico dos trabalhadores aeroespaciais chineses, que já nomearam outras naves espaciais, incluindo Tianwen, Chang’e e Beidou, em honra à cultura tradicional chinesa, o que também mostra o espírito de exploração e confiança cultural do povo chinês, acrescentou Wu.

A China lançou a Tianwen-1 em 23 de julho de 2020. A nave espacial, que consiste de um orbitador, um aterrizador e um explorador, entrou na órbita de estacionamento de Marte depois de realizar uma manobra orbital em 24 de fevereiro.

A parte mais desafiante da missão será a aterrissagem suave em maio, um processo autônomo da sonda que durará de sete a oito minutos. A sonda utilizará sua forma aerodinâmica, pára-quedas e retrofoguete para desacelerar e amortecer as patas para aterrissar, conforme explicou a administração.

Os engenheiros e cientistas espaciais chineses selecionaram uma região relativamente plaina na parte sul da Utopia Planitia, uma grande planície, como possível zona de aterrissagem.

Pesquisas anteriores mostraram que o possível lugar de aterrissagem poderia ser a borda de um antigo oceano ou lago na história cedo de Marte. Os cientistas chineses esperam encontrar mais evidência de água em forma de gelo.

Os objetivos científicos da Tianwen-1 incluem mapear a morfologia e a estrutura geológica, pesquisar as características do solo superficial e a distribuição de água em forma de gelo, analisar a composição do material da superfície, medir a ionosfera e as características do clima e o meio ambiente marcianos na superfície, e perceber os campos físicos e a estrutura interna de Marte.

O orbitador está equipado com sete tipos de instrumentos científicos: duas câmeras de detecção remota, um radar de exploração do subsolo na órbita de Marte, um espetrômetro da mineralogia de Marte, um magnetômetro de Marte, um analisador de partículas neutras e de íon de Marte e um analisador de partículas energéticas de Marte.

Fusion

Redação Fusion Today

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.