Viseira protege dos raios solares e do reconhecimento facial

A designer de moda Phoebe Heess criou uma solução para usuários que não querem a invasão de sua privacidade com os métodos invasivos de reconhecimento facial.

A viseira com estilo moderno protege contra contra raios ultravioletas do Sol, e, vai um pouco além ao impedir o olhar invasivo de câmeras de segurança. A ideia, longe de ajudar pessoas más intencionadas a cometer qualquer ato ilícito e contrário às normas sociais e às leis , pretende proteger os mais sensíveis ou cuidadosos da vigilâncias de câmeras intrusivas e não autorizadas.

As câmeras são uma tendência nas grandes cidades usadas para controlar, e na análise foucaultiana, servem para um propósito fascista: vigiar e punir. Claro que esta interpretação pode ser usada, mas deve-se também levar em conta que os desajustes das sociedades competitivas, cujo sistema capitalista vive o desregramento social, e as diferenças que se acumulam e crescem a partir do consumo e de suas possibilidades, muitas vezes negadas às maiorias por razões pouco explicáveis, acirram os medos, que por si sós geram processos lucrativos, que são, por sua vez, indutores de novas e conflitantes posturas.

The Sportlens, como foi registrada é confeccionada do mesmo material das roupas de mergulho, neopren, um tipo de malha artificial e sintética de polímero que suporta a umidade da chuva e do suor, mas aquece sob o sol, e pode ser bastante incômodo no calor de países localizados entre os trópicos de Câncer e Capricórnio, notadamente aqueles abaixo e ou próximos da linha do Equador.

Seu uso, entretanto, se ajusta a partir de uma cordinha que se adequa a cada cabeça de usuário. Desta forma, ajustável, ela ajuda o usuário a deixá-la no tamanho ideal, e de acordo com sua necessidade. Vem acompanhada de um óculos espelhado que escurecem sem diminuir a visão do usuário. Bom para o verão do nosso país tropical!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.