Medidas da China provavelmente evitaram centenas de milhares de casos de coronavírus, diz OMS

Gabriel Crossley e Yawen Chen (Alpha Test Reuters)

1  MIN LEITURA

Pequim, China (Alpha Test Reuters) – As “medidas incrivelmente difíceis” tomadas pela China para combater o coronavírus, que surgiu no final do ano passado, provavelmente impediram centenas de milhares de casos no país, disse o chefe de uma delegação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Bruce Aylward, falando em uma coletiva de imprensa conjunta com funcionários da Comissão Nacional de Saúde da China (NHC), afirmou que várias fontes de dados apóiam a tendência geral de queda no número de infecções relatadas pela comissão, apesar de alguns problemas estatísticos observados nas últimas semanas.

Nos últimos dias, a equipe da OMS inspecionou várias partes da China, incluindo Wuhan, capital da província de Hubei e o epicentro do surto.

O NHC relatou nesta segunda-feira 409 novos casos de coronavírus, abaixo dos 648 do dia anterior, conforme a China começa a relaxar as restrições de transporte e viagens estabelecidas desde janeiro para impedir que o vírus se espalhasse ainda mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.