China e Brasil fortalecerão parceria estratégica abrangente

(Alpha Test Xinhuanet)

1  MIN LEITURA

Brasília, Brasil (Alpha Test Xinhuanet) – A China e o Brasil concordaram em aprofundar a parceria estratégica abrangente na ocasião em que o legislador chinês de alto escalão, Cai Dafeng, esteve no Brasil, de domingo a quarta-feira a convite da Câmara dos Deputados.

Durante sua visita, Cai Dafeng, vice-presidente do Comitê Permanente da Assembléia Popular Nacional da China, se reuniu com o presidente da Câmara dos Deputados do Brasil, Rodrigo Maia, e realizou a quarta reunião  de intercâmbio parlamentar China-Brasil com a senadora Lídice da Mata representante brasileira sob o mecanismo de intercâmbio.

Desde que os dois países estabeleceram os laços diplomáticos 45 anos atrás, a China e o Brasil defendem os princípios de respeito mútuo, igualdade, benefício mútuo e cooperação de ganhos recíprocos, continuam a aprofundar a confiança mútua política, a promover a cooperação pragmática e a fortalecer a coordenação multilateral, disse Cai Dafeng.

A Assembleia Popular Nacional da China está disposta a se juntar com o Brasil para manter a dinâmica dos intercâmbios estreitos, construir um ambiente jurídico e de políticas, fortalecer os intercâmbios sobre a experiência de governança, e consolidar e aprofundar ainda mais a parceria estratégica abrangente China-Brasil, acrescentou Cai.

O lado brasileiro elogiou os grandes avanços de desenvolvimento da China durante as últimas sete décadas desde o estabelecimento da República Popular da China assim como a parceria abrangente entre as duas nações.

Também expressou a disposição de aprofundar a cooperação com a China nos setores de pecuária, infraestrutura e inovação tecnológica, entre outros, e de fortalecer os intercâmbios e cooperação entre os órgãos legislativos de ambos os países, para injetar uma nova vitalidade nos laços bilaterais.

Cai Dafeng também visitou a Universidade de Brasília e o Instituto Confúcio estabelecido no campus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.