China torna-se o principal motor do crescimento econômico global em 70 anos

(Alpha Test Xinhuanet)

1  MIN LEITURA

Beijing, China (Alpha Test Xinhuanet) – A China ocupa o primeiro lugar em termos de contribuição para o crescimento econômico global desde 2006, tornando-se o principal motor do crescimento econômico mundial.

De acordo com um relatório divulgado pelo Departamento Nacional de Estatísticas nesta quinta-feira, nos últimos 70 anos, a proporção da China nos principais indicadores agregados econômicos e sociais no mundo aumentou ainda mais, o status internacional do país tem sido aprimorado e a sua influência global cresceu continuamente.

O relatório mostra que de 1961 a 1978, a contribuição média anual da China para o crescimento econômico global foi de 1,1%, mas durante o período de 1979 a 2012, a taxa média anual de contribuição foi de 15,9%, ocupando o segundo lugar em nível mundial.

De 2013 a 2018, a cifra subiu para 28,1%, ocupando o primeiro lugar no mundo.

Em 2018, a proporção de contribuição da China para o crescimento econômico global foi de 27,5%, 24,4 pontos percentuais acima de 1978, mostra o documento.

Durante os últimos 70 anos, a força econômica do país cresceu notavelmente.

Em 1952, o PIB da China era de US$ 30 bilhões, enquanto que em 2018 atingiu US$ 13,61 trilhões, um aumento de 452,6 vezes.

Em 1978, o PIB chinês classificava-se em 11º lugar no mundo. No ano de 2010, o PIB do país ultrapassou o do Japão para se tornar a segunda maior economia do mundo e, desde então, se mantém nesta posição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.