“Fronteira Verde” abre as portas para a Amazônia colombiana em uma nova série da Netflix

Lucila Sigal (Agência Reuters) (Alpha Test)

1 MIN LEITURA

Bogotá, Colômbia (Alpha Test Reuters) – A Netflix Inc inaugura nesta quinta-feira a “Fronteira Verde”, uma minissérie colombiana que conta a história de um detetive de Bogotá que vai à floresta amazônica para investigar quatro femicídios e entra em um labirinto cheio de mágica, conspirações e segredos, relatou a plataforma de streaming.

 

Produzida por Juana del Río, Ángela Cano e Miguel Dionísio Ramos, a minissérie acontece na fronteira entre o Brasil e a Colômbia e conta com um jovem detetive e um colega policial indígena, que investigam uma série de mortes estranhas.

 

Em paralelo, a série conta a história de Yua e Ushe, dois nativos que todos chamam de “O Eterno” e sua luta contra um estrangeiro, Joseph, que acredita que a população indígena esconde um segredo.

Além da trama policial, a série aborda a questão da ameaça à biodiversidade que envolve as comunidades tradicionais que vivem naquela região da Amazônia.

A minissérie de oito episódios, com duração de 40 minutos, é co-dirigida por Laura Mora (“Escobar, o patrono do mal”), Jacques Toulemonde Vidal (“Anna”) e Ciro Guerra, cujo filme “O abraço da cobra” foi o primeiro. Produção colombiana indicada ao Oscar de melhor filme estrangeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.