Tecnologia da LSE vai ancorar plataforma de criptomoedas asiática

Zainab Hussain (Reuters) (Alpha Test)

3 MIN LEITURA

Bangalore, Índia (Reuters) – A London Stock Exchange Group afirmou nesta terça-feira que a AAX, baseada em Hong Kong, vai usar sua tecnologia para negociação de criptomoeadas, permitindo à operadora britânica entrar na indústria nascente e altamente especulativa.

A bolsa AAX, que é apoiada pela Atom Group, uma fintech focada em tecnologia de blockchain e ativos digitais emergentes, vai usar o sistema Millennium Exchange, da LSE, afirmou a companhia britânica.

O acordo, entretanto, foi acertado em um momento em que bolsas de criptomoedas na Ásia estão enfrentando aumento da fiscalização de autoridades e alertas governamentais sobre riscos de investimento em moedas digitais.

Plataformas online, em que moedas digitais podem ser compradas e vendidas por indivíduos, operam com salvaguardas menores que os mercados financeiros tradicionais e são vulneráveis à manipulação de mercado.