Feras fantásticas de Alexandra Moura encerram Fashion Week de Milão

Marie-Louise Gumuchian (Reuters) (Alpha Test)

2 MIN LEITURA

Milão, Itália (Reuters) – Feras fantásticas dominaram o desfile de Alexandra Moura nesta segunda-feira, quando a estilista portuguesa encerrou a Fashion Week de Milão com uma coleção de estampas conflitantes e tecidos sobrepostos.

Para as linhas masculinas e femininas do outono/inverno 2019, a designer nascida em Lisboa se inspirou na ceramista portuguesa Rosa Ramalho, que conquistou a fama aos 68 anos com suas figuras de criaturas surrealistas.

As modelos, cuja maquiagem também lembrou o trabalho de Rosa com seus círculos largos ao redor dos olhos e dentes desenhados nos rostos, usaram jaquetas, capas e vestidos com estampas conflitantes –normalmente xadrez e listras– e muitas camadas, às vezes incluindo dois pares de meias.

Macacões com capuz apareceram como se estivessem envoltos no pescoço e sobre jaquetas acolchoadas, que muitas vezes tinham uma manga pendendo do lado.

As pregas vieram em vestidos e barras de saias, além de macacões. Alexandra também ofereceu camisetas e blusas de moletom com figuras de feras.

“(Rosa) era uma trabalhadora do interior com senso estético e inteligência muito à frente do seu tempo”, informou o programa do desfile.

“O contraste entre sua arte visionária e sua vida rural simples é um elemento-chave para o desenvolvimento da coleção… seres fantásticos, monstros e feras deram vida a detalhes, desenhos, a mistura e sobreposição de materiais, paleta de cores e citações.”

A coleção usou sobretudo cores escuras de inverno –azul-marinho, vinho tinto e mostarda–, mas havia toques de prata brilhante em golas, leggings, um vestido, um lenço de cabeça, uma capa pregueada e luvas.

Os calçados consistiam de tênis e botas de alpinista.

Para os homens, as jaquetas acolchoadas se transformaram em jaquetas com grandes bolsos frontais. As peças também tinham estampas conflitantes nas mangas e nas pernas das calças.

As palavras “não é nenhum sonho”, escritas em português, surgiram pintadas em alguns dos trajes.

A Fashion Week de Milão, na qual grifes de peso como Giorgio Armani, Prada, Gucci e Versace apresentaram suas coleções, é a terceira etapa do calendário de um mês de desfiles que começou em Nova York e seguiu para Londres.

A Fashion Week de Paris, a última parada da temporada de moda feminina do outono/inverno 2019, começa ainda nesta segunda-feira.