China se diz preparada para falar com EUA sobre acordo comercial “aceitável”

(Agência EFE) (Alpha Test)

3 MIN LEITURA

Bangkoc (EFE) (Alpha Test) – O vice-presidente da China, Wang Qishan, disse nesta terça-feira que seu país está preparado para iniciar um diálogo com os Estados Unidos para chegar a um acordo “aceitável para as duas partes” na disputa comercial que mantêm há meses.

Durante um fórum econômico organizado pela agência Bloomberg em Singapura, Wang disse que deseja resolver os conflitos internacionais com base em normas e consenso e ressaltou a “firme” oposição da China ao protecionismo e unilateralismo.

Wang defendeu a necessidade de uma cooperação entre seu país e os EUA, advertiu que os dois sairão perdendo da confronto e qualificou a cooperação econômica entre ambos como “a âncora e o motor de uma firme e saudável relação”.

“A China está preparada para ter discussões com os EUA sobre assuntos de mútuo interesse e trabalhar para uma solução em comércio aceitável para as duas partes”, disse o vice-presidente chinês em discurso divulgado pelo portal do fórum.

As duas principais potências econômicas do mundo mantêm desde julho uma guerra tarifária pelas disputas comerciais.

O discurso de Wang coincidiu com o anúncio do Ministério de Relações Exteriores chinês sobre o reatamento na próxima sexta-feira em Washington da segunda rodada do diálogo sobre segurança e diplomacia.

O reatamento dos contatos acontece depois da conversa mantida na semana passada Trump e o líder chinês, Xi Jinping, que poderiam manter uma reunião durante a próxima cúpula do G20 que será realizada no final deste mês na Argentina.

 

  • EFE Agência EFE
  • Unsplash Photo by Hanny Naibaho on Unsplash