China apoiará fundos de private equity em fusões e aquisições

(Agência Xinhua)

3 MIN LEITURA

Beijing (Xinhua) (Alpha Test) – A China incentivará os fundos de private equity a participarem de fusões e aquisições para impulsionar o desenvolvimento saudável do setor de fundos do país, informou o mais alto regulador de valores do país na segunda-feira.

Liu Shiyu, presidente da Comissão Reguladora de Valores da China (CRVC), fez tais declarações durante um discurso em um fórum em comemoração ao 20º aniversário da indústria de fundos do país.

Ele disse que fundos de private equity e fundos de capital de risco serão apoiados na participação em fusões e aquisições, swaps de dívidas por ações e investimento de capital, destacando o papel deles na galvanização da vitalidade do mercado.

Fundos mútuos, fundos de private equity e outros planos de gestão de ativos agora possuem 5 trilhões de yuans (US$ 721 bilhões) no valor de capitalização no mercado de ações da parte continental da China, ou 10% do total, disse Liu.

Ele também prometeu apoio ao estabelecimento de mais fundos de aquisição, o que facilitará o financiamento, melhorará a governança corporativa das empresas cotadas e evitará riscos de empréstimos hipotecados por ações.

As instituições de administração de ativos com capital estrangeiro terão suporte para a execução de negócios relacionados a ativos de capital, e os fundos de private equity que investirem em empresas de alta tecnologia receberão políticas fiscais e tributárias favoráveis, assinalou Liu.

A CRVC declarou na semana passada que a China continuará reformando o mercado financeiro enquanto promove a abertura e a inovação para estabilizar e incentivar a confiança de mercado.