Supermercados: vendas do setor acumulam crescimento de 1,75% no ano

(Alpha Test) Em abril, as vendas reais do autosserviço apresentaram queda de -12,61% na comparação com o mês de março e queda de -5,84% em relação ao mesmo mês do ano de 2017, de acordo com o Índice Nacional de Vendas, apurado pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras).
No resultado acumulado do ano, as vendas apresentaram crescimento de 1,75% na comparação com o mesmo período do ano anterior. Os índices já estão deflacionados
pelo IPCA do IBGE.
Em valores nominais, as vendas do setor apresentaram queda de -12,42% em relação ao mês anterior e, quando comparadas a abril do ano passado, queda de -3,24%. No acumulado do ano o setor registra alta de 5,08%.

Efeito calendário: queda no mês já era esperada

Para o presidente da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), João Sanzovo Neto, a retração verificada em abril se deve ao efeito calendário. “No ano passado, o domingo de Páscoa caiu na segunda semana do mês (abril). Neste ano, as vendas se concentraram todas em março.”
Sanzovo destaca ainda que o resultado acumulado mostra que o setor continua apresentando bons resultados.

“Apesar da alta do dólar e dos últimos números divulgados da estimativa do PIB para 2018, que vem caindo de acordo com o Boletim Focus, continuamos com a mesma perspectiva otimista que iniciamos o ano, de crescimento de 3% para 2018”, conclui.